jusbrasil.com.br
7 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 461800 RS 2002/0112827-6

Superior Tribunal de Justiça
há 18 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

REsp 461800 RS 2002/0112827-6

Órgão Julgador

T6 - SEXTA TURMA

Publicação

DJ 25.02.2004 p. 225

Julgamento

21 de Outubro de 2003

Relator

Ministro HAMILTON CARVALHIDO

Documentos anexos

Inteiro TeorRESP_461800_RS_21.10.2003.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO ESPECIAL. PREVIDENCIÁRIO. TEMPO DE SERVIÇO. ATIVIDADE ESPECIAL. CONVERSÃO. POSSIBILIDADE. EXIGÊNCIA DE COMPROVAÇÃO. LEI Nº 9.032/95 E DECRETO Nº 2.172/97. DESNECESSIDADE EM RELAÇÃO AO SERVIÇO PRESTADO NO REGIME ANTERIOR.

1. O direito à contagem, conversão e averbação de tempo de serviço é de natureza subjetiva, enquanto relativo à realização de fato continuado, constitutivo de requisito à aquisição de direito subjetivo outro, estatutário ou previdenciário, não havendo razão legal ou doutrinária para identificar-lhe a norma legal de regência com aquela que esteja a viger somente ao tempo da produção do direito à aposentadoria de que é instrumental.
2. O tempo de serviço é regido sempre pela lei vigente ao tempo da sua prestação. Dessa forma, em respeito ao direito adquirido, se o trabalhador laborou em condições adversas e a lei da época permitia a contagem de forma mais vantajosa, o tempo de serviço assim deve ser contado.
3. Até o início da vigência do Decreto nº 2.172/97, que regulamentou a Lei nº 9.032/95, a cada dia trabalhado em atividades enquadradas como especiais (Decretos nº 53.831/64 e 83.080/79), realizava-se o suporte fático da norma que autorizava a contagem desse tempo de serviço de forma diferenciada, de modo que o tempo de serviço convertido restou imediatamente incorporado ao patrimônio jurídico do segurado, tal como previsto na lei de regência.
4. A exigência da comprovação técnica da efetiva exposição do trabalhador aos agentes nocivos (Lei nº 9.032/95), para fins de contagem diferenciada do tempo de serviço, só teve lugar a partir da vigência do Decreto nº 2.172/97, até a edição da Lei nº 9.711/98.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima indicadas, acordam os Ministros da SEXTA TURMA do Superior Tribunal de Justiça, prosseguindo o julgamento, após o voto-vista do Sr. Ministro-Relator, que retificou o seu voto, proclamado na sessão do dia 5 de maio de 2003, para negar provimento ao recurso, e o voto do Sr. Ministro Fontes de Alencar e a retificação de voto do Sr. Ministro Paulo Gallotti no mesmo sentido, por unanimidade, negar provimento ao recurso, nos termos do voto do Sr. Ministro-Relator. Os Srs. Ministros Paulo Gallotti e Fontes de Alencar votaram com o Sr. Ministro-Relator. Não participou do julgamento o Sr. Ministro Paulo Medina. Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Hamilton Carvalhido.

Resumo Estruturado

POSSIBILIDADE, CONVERSÃO, TEMPO DE SERVIÇO ESPECIAL, ATIVIDADE INSALUBRE, OBJETIVO, SEGURADO, OBTENÇÃO, APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO, DESNECESSIDADE, LAUDO PERICIAL, COMPROVAÇÃO, EFETIVIDADE, EXPOSIÇÃO, PRODUTO NOCIVO, APLICAÇÃO, LEI FEDERAL, VIGENCIA, EPOCA, EXERCICIO, ATIVIDADE INSALUBRE, CARACTERIZAÇÃO, DIREITO ADQUIRIDO, INAPLICABILIDADE, LEI POSTERIOR, ALTERAÇÃO, CRITERIO, COMPROVAÇÃO, TEMPO DE SERVIÇO.

Veja

    • STJ - RESP 357268 -RS, RESP 40504 -SP, RESP 395956 -RS, RESP 411605 -PR

Doutrina

  • Obra: TEORIA DELLA RETROATTIVITA DELLE LEGGI, ROMA, 1891, 3ª ED., V. 1, P. 191
  • Autor: FRANCESCO GABBA
  • Obra: PRIMEIRAS LINHAS DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL, MAX LIMONAD, 2ª ED., P. 52
  • Autor: MOACYR AMARAL SANTOS
  • Obra: LES CONFLITS DE LOIS DANS LE TEMPS, PARIS, 1933, P. 715-716
  • Autor: PAUL ROUBIER

Referências Legislativas

Sucessivo

  • RESP 503972 RS 2003/0026734-7 DECISÃO:03/02/2004
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/200450/recurso-especial-resp-461800-rs-2002-0112827-6

Informações relacionadas

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 10 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR 120500-54.2004.5.04.0023

Tribunal Regional Federal da 4ª Região
Jurisprudênciahá 15 anos

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL: AC 36701 PR 2003.70.00.036701-4

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 19 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AÇÃO RESCISÓRIA: AR 857 SP 1999/0000278-4