jusbrasil.com.br
1 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1086048 RS 2008/0196917-5

Superior Tribunal de Justiça
há 11 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

REsp 1086048 RS 2008/0196917-5

Órgão Julgador

T5 - QUINTA TURMA

Publicação

DJe 13/09/2011

Julgamento

21 de Junho de 2011

Relator

Ministro ARNALDO ESTEVES LIMA

Documentos anexos

Inteiro TeorRESP_1086048_RS_1327098057747.pdf
Certidão de JulgamentoRESP_1086048_RS_1327098057749.pdf
Relatório e VotoRESP_1086048_RS_1327098057748.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DIREITO ADMINISTRATIVO. PROCESSUAL CIVIL. RECURSO ESPECIAL. SERVIDORPÚBLICO. MATÉRIA CONSTITUCIONAL. EXAME. IMPOSSIBILIDADE. AFRONTA AOSARTS. 458, II, E 535, II, DO CPC. NÃO OCORRÊNCIA. VERBASREMUNERATÓRIAS INDEVIDAMENTE PAGAS PELA ADMINISTRAÇÃO. RECEBIMENTODE BOA-FÉ PELO SERVIDOR. DEVOLUÇÃO. IMPOSSIBILIDADE. PRECEDENTE DOSTJ. ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. RESTABELECIMENTO. DILAÇÃOPROBATÓRIA EM SEDE DE MANDADO DE SEGURANÇA. IMPOSSIBILIDADE.PRECEDENTES DO STJ. DISSÍDIO JURISPRUDENCIAL PREJUDICADO. RECURSOSCONHECIDOS E IMPROVIDOS.

1. O recurso especial não se presta ao exame de suposta afronta adispositivos constitucionais, por se tratar de matéria reservada àcompetência do Supremo Tribunal Federal, nos termos do art. 102,III, da Constituição da Republica.
2. Tendo o Tribunal de origem se pronunciado de forma clara eprecisa sobre as questões postas nos autos, assentando-se emfundamentos suficientes para embasar a decisão, não se devendoconfundir "fundamentação sucinta com ausência de fundamentação"( REsp 763.983/RJ, Rel. Min. NANCY ANDRIGHI, Terceira Turma, DJ28/11/05).
3. É firme a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça nosentido de que "é incabível o desconto das diferenças recebidasindevidamente pelo servidor, em decorrência de errônea interpretaçãoou má aplicação da lei pela Administração Pública, quando constatadaa boa-fé do beneficiado" ( REsp 645.165/CE, Rel. Min. LAURITA VAZ,Quinta Turma, DJ 28/3/05).
4. Suprimido o adicional de insalubridade anteriormente concedidopela Administração, sob o fundamento de que um dos requisitos legaispara seu pagamento não estavam presentes - exposição habitual adeterminadas substâncias perigosas ou insalubres -, não há como seaferir, em sede de mandado de segurança, a validade dessaafirmativa, ante a necessidade de dilação probatória. Precedentes doSTJ.
5. Dissídio jurisprudencial prejudicado, em face da incidência daSúmula 7/STJ.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os Ministros da QUINTA TURMA do Superior Tribunal de Justiça, na conformidade dos votos e das notas taquigráficas a seguir: Prosseguindo no julgamento, a Turma, por maioria, conheceu dos recursos, mas negou-lhes provimento, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator. Lavrará o acórdão o Sr. Ministro Jorge Mussi (art. 52, IV, alínea b, RISTJ). Os Srs. Ministros Jorge Mussi e Laurita Vaz votaram com o Sr. Ministro Relator. Votou parcialmente vencido o Sr. Ministro Napoleão Nunes Maia Filho, que dava provimento ao recurso interposto por Beatriz Pasa e outros. Não participou do julgamento o Sr. Ministro Adilson Vieira Macabu (Desembargador convocado do TJ/RJ). (Art. 162, § 2º do RISTJ). Ausente, justificadamente, nesta assentada, o Sr. Ministro Gilson Dipp.

Veja

  • ANÁLISE DE MATÉRIA CONSTITUCIONAL - COMPETÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    • STJ -

Referências Legislativas

Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/21082636/recurso-especial-resp-1086048-rs-2008-0196917-5-stj

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 17 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 645165 CE 2004/0039208-2

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciaano passado

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1802425 MG 2020/0324340-4

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1030586 RS 2016/0324912-3

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgInt no AREsp 1551680 RJ 2019/0218920-9

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1753890 SP 2020/0227346-1