jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX GO 2006/XXXXX-9

Superior Tribunal de Justiça
há 11 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

T4 - QUARTA TURMA

Publicação

Julgamento

Relator

Ministro LUIS FELIPE SALOMÃO

Documentos anexos

Inteiro TeorRESP_888417_GO_1327425229175.pdf
Certidão de JulgamentoRESP_888417_GO_1327425229177.pdf
Relatório e VotoRESP_888417_GO_1327425229176.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO ESPECIAL. POSSE DE BEM PÚBLICO OCUPADO COM BASE EM"CONTRATO VERBAL". INVIABILIDADE. COM A EXTINÇÃO DE AUTARQUIAESTADUAL, OS BENS, DIREITOS E OBRIGAÇÕES TRANSFEREM-SE AO ENTEPÚBLICO FEDERADO. LIMINAR EM AÇÃO DE REINTEGRAÇÃO DE POSSE, TENDOPOR OBJETO ÁREA OCUPADA, MESMO QUE HÁ MAIS DE ANO E DIA.POSSIBILIDADE.

1. Em regra, não há falar em contrato verbal firmado com aAdministração Pública, sobretudo quando diz respeito a autorizaçãopara ocupação de imóvel pertencente a Autarquia, visto que, pelanatureza da relação jurídica, é inadmissível tal forma de pactuação.
2. Houve a transmissão da posse do imóvel em litígio ao Estado, porforça de lei estadual que extinguiu o DER-GO, transferindo os bens,direitos e obrigações da autarquia para o Estado de Goiás, daí queo recorrido tem mera detenção do bem.
3. O artigo 1.208 do Código Civil dispõe que "não induzem posse osatos de mera permissão ou tolerância assim como não autorizam a suaaquisição os atos violentos, ou clandestinos, senão depois de cessara violência ou a clandestinidade".
4. Após regular notificação judicial para desocupação do imóvel, ecom a recusa do detentor, passou a haver esbulho possessório,mostrando-se adequada a ação de reintegração de posse.
5. Descabe análise a respeito do tempo de "posse" do detentor, pois,havendo mera detenção, não há cogitar de "posse velha" (artigo 924do Código de Processo Civil) a inviabilizar a reintegração liminarem bem imóvel pertencente a órgão público.

Acórdão

A Turma, por unanimidade, deu provimento ao recurso especial, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator.Os Srs. Ministros Raul Araújo, Maria Isabel Gallotti e João Otávio de Noronha votaram com o Sr. Ministro Relator.

Veja

  • POSSE DE BEM PÚBLICO - CONTRATO VERBAL COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
    • STJ -

Referências Legislativas

  • LEG:FED RGI:****** ANO:1989 ART :00009 PAR:00002 INC:00001
  • LEG:FED LEI: 003071 ANO:1916 ART : 00497 (REVOGADA PELA LEI 10.406/2002)
  • LEG:FED LEI: 010406 ANO:2002 ART : 01208
  • LEG:EST LEI:013550 ANO:1999 ART :00003 PAR: ÚNICO (GO)
  • LEG:FED LEI: 005869 ANO:1973 ART : 00924
  • LEG:FED RGI:****** ANO:1989 ART :00009 PAR:00002 INC:00001
  • LEG:FED LEI: 003071 ANO:1916 ART : 00497 (REVOGADA PELA LEI 10.406/2002)
  • LEG:FED LEI: 010406 ANO:2002 ART : 01208
  • LEG:EST LEI:013550 ANO:1999 ART :00003 PAR: ÚNICO (GO)
  • LEG:FED LEI: 005869 ANO:1973 ART : 00924
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/21107115/recurso-especial-resp-888417-go-2006-0212228-9-stj

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX GO 2006/XXXXX-9

Tribunal Regional Federal da 2ª Região
Jurisprudênciahá 11 anos

Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 - APELAÇÃO CÍVEL: AC XXXXX-83.2002.4.02.5101 RJ XXXXX-83.2002.4.02.5101

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 8 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-77.2010.8.13.0515 MG