jusbrasil.com.br
16 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECONSIDERAÇÃO DE DESPACHO NO MANDADO DE SEGURANÇA: RCDESP no MS XXXXX DF 2011/XXXXX-8

Superior Tribunal de Justiça
há 10 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

S1 - PRIMEIRA SEÇÃO

Publicação

Julgamento

Relator

Ministro NAPOLEÃO NUNES MAIA FILHO

Documentos anexos

Inteiro TeorRCDESP-MS_17832_DF_1331329227009.pdf
Certidão de JulgamentoRCDESP-MS_17832_DF_1331329227011.pdf
Relatório e VotoRCDESP-MS_17832_DF_1331329227010.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PEDIDO DE RECONSIDERAÇÃO RECEBIDO COMO AGRAVO REGIMENTAL NO MANDADODE SEGURANÇA. PROCESSUAL CIVIL E ADMINISTRATIVO. CONCORRÊNCIAPÚBLICA. SUSPENSÃO DO PAGAMENTO DOS SERVIÇOS PRESTADOS. NÃOCOMPROVAÇÃO DA EXISTÊNCIA DO ATO COATOR. AUSÊNCIA DE PROVAPRÉ-CONSTITUÍDA. JUNTADA POSTERIOR DE DOCUMENTOS. IMPOSSIBILIDADE.AGRAVO REGIMENTAL DESPROVIDO.

1. Direito líquido e certo é aquele que se apresenta manifesto deplano na sua existência, ostentando, desde o momento da impetração,todos os requisitos para o seu reconhecimento e exercício, já que oMandado de Segurança não comporta dilação probatória. Trata-se, naverdade, de uma condição processual do remédio de rito sumaríssimoque, quando ausente, impede o conhecimento ou admissibilidade domandamus.
2. Dessa forma, mostra-se defeso na via especial da açãomandamental a juntada posterior de documentos suficientes acomprovar o invocado direito líquido e certo.

Acórdão

A Seção, por unanimidade, recebeu o pedido de reconsideração de despacho como Agravo Regimental e negou-lhe provimento, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator. Os Srs. Ministros Mauro Campbell Marques, Benedito Gonçalves, Cesar Asfor Rocha, Teori Albino Zavascki, Humberto Martins e Herman Benjamin votaram com o Sr. Ministro Relator. Ausente, justificadamente, o Sr. Ministro Francisco Falcão. Licenciado o Sr. Ministro Arnaldo Esteves Lima.
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/21350252/reconsideracao-de-despacho-no-mandado-de-seguranca-rcdesp-no-ms-17832-df-2011-0279393-8-stj

Informações relacionadas

Tribunal Regional Federal da 3ª Região
Jurisprudênciahá 12 anos

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - REMESSA EX OFFICIO EM MANDADO DE SEGURANÇA: REOMS 15597 SP 2003.61.83.015597-3

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 11 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - MANDADO DE SEGURANÇA: MS XXXXX DF 2011/XXXXX-0