jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 1280482 SC 2011/0225722-1

Superior Tribunal de Justiça
há 10 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

AgRg no REsp 1280482 SC 2011/0225722-1

Órgão Julgador

T2 - SEGUNDA TURMA

Publicação

DJe 13/04/2012

Julgamento

7 de Fevereiro de 2012

Relator

Ministro HERMAN BENJAMIN

Documentos anexos

Inteiro TeorAGRG-RESP_1280482_SC_1337076735222.pdf
Certidão de JulgamentoAGRG-RESP_1280482_SC_1337076735224.pdf
Relatório e VotoAGRG-RESP_1280482_SC_1337076735223.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

DIREITO PROCESSUAL CIVIL E TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. EXTINÇÃO.ADIMPLEMENTO DA DÍVIDA. PARCELAMENTO. HONORÁRIOS DE SUCUMBÊNCIA.

1. Trata-se de Agravo Regimental contra decisão que proveu o RecursoEspecial para determinar o pagamento de honorários de sucumbênciapela executada, em Execução Fiscal extinta por adimplemento dadívida.
2. Na Apelação, ao se insurgir contra a condenação em honoráriossucumbenciais, a ora agravante não sustentou que estes foramincluídos no parcelamento, limitando-se a pleitear a sua redução oua compensação das despesas entre as partes.
3. O Tribunal a quo, com base em mera presunção, supôs que oshonorários advocatícios foram incorporados ao parcelamento. Aocontrário do que alega a agravante, não se emitiu pronunciamentoalgum fundado em elementos fático-probatórios.
4. A controvérsia supera o óbice da Súmula 7/STJ, pois não se está areavaliar os fatos, mas a analisar a validade da presunção constanteno acórdão recorrido, a qual não encontra reflexo na jurisprudênciado STJ. Com efeito, são inúmeros os precedentes que estabelecem acondenação do executado em honorários advocatícios por extinção daExecução em razão de parcelamento (cf. REsp 664.475/RS, Rel.Ministro Teori Albino Zavascki, Primeira Turma, julgado em 3.5.2005,DJ 16.5.2005; AgRg no REsp 955.291/SP, Rel. Ministro Mauro CampbellMarques, Segunda Turma, julgado em 6.11.2008; AgRg no Ag1.292.805/MS, Rel. Ministro Herman Benjamin, Segunda Turma, julgadoem 8.6.2010, DJe 1.7.2010).
5. A jurisprudência do STJ revela que a inclusão dos honoráriosadvocatícios no parcelamento pressupõe a análise da legislaçãotributária, caso a caso, não havendo como reconhecer, por presunção,a automática inserção.
6. O princípio da boa-fé objetiva proíbe que a parte assumacomportamentos contraditórios no desenvolvimento da relaçãoprocessual, o que resulta na vedação do venire contra factumproprium, aplicável também ao direito processual.
7. A extinção da Execução Fiscal pela quitação da dívida objeto deparcelamento tributário não configura hipótese de encerramento doprocesso por transação entre as partes. Em verdade, a sentença nãoteve como fundamento o negócio bilateral, mas o completoadimplemento da obrigação. Nesse caso, aplica-se o disposto no art. 26, caput, do CPC, pois a satisfação do débito equivale aoreconhecimento do pedido.
8. Agravo Regimental não provido.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima indicadas, acordam os Ministros da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça: "A Turma, por unanimidade, negou provimento ao agravo regimental, nos termos do voto do Sr. Ministro-Relator, sem destaque e em bloco." Os Srs. Ministros Mauro Campbell Marques, Cesar Asfor Rocha, Castro Meira e Humberto Martins votaram com o Sr. Ministro Relator.

Veja

  • AÇÃO DE EXECUÇÃO FISCAL - CONDENAÇÃO DO EXECUTADO - EXTINÇÃO DA
    • EXECUÇÃO EM RAZÃO DO PARCELAMENTO - INCIDÊNCIA DOS HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS - PRINCÍPIO DA CAUSALIDADE)
    • STJ -

Referências Legislativas

Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/21603733/agravo-regimental-no-recurso-especial-agrg-no-resp-1280482-sc-2011-0225722-1-stj

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciaano passado

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1739032 SP 2020/0195918-6

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 5 meses

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1996760 SP 2021/0316385-9

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1964652 PR 2021/0151795-0

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 3 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgInt no AREsp 1427803 SP 2019/0006758-8

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF: 070XXXX-02.2018.8.07.0000 DF 070XXXX-02.2018.8.07.0000