jusbrasil.com.br
19 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça
há 8 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
AgRg no AREsp 26064 PR 2011/0090862-0
Órgão Julgador
T4 - QUARTA TURMA
Publicação
DJe 17/02/2014
Julgamento
11 de Fevereiro de 2014
Relator
Ministro LUIS FELIPE SALOMÃO
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Certidão de Julgamento

 
CERTIDÃO DE JULGAMENTO
QUARTA TURMA
AgRg   no
Número Registro: 2011⁄0090862-0
PROCESSO ELETRÔNICO
AREsp 26.064 ⁄ PR
 
Número Origem: 5975182
 
 
EM MESA JULGADO: 11⁄02⁄2014
   
Relator
Exmo. Sr. Ministro  LUIS FELIPE SALOMÃO
 
Presidente da Sessão
Exmo. Sr. Ministro RAUL ARAÚJO
 
Subprocurador-Geral da República
Exmo. Sr. Dr. ANTÔNIO CARLOS PESSOA LINS
 
Secretária
Bela. TERESA HELENA DA ROCHA BASEVI
 
AUTUAÇÃO
 
AGRAVANTE : FOX DISTRIBUIDORA DE PETRÓLEO LTDA
ADVOGADO : ALCEU RODRIGUES CHAVES E OUTRO(S)
AGRAVADO : BANCO DO BRASIL S⁄A
ADVOGADO : EDUARDO JOSÉ PEREIRA NEVES E OUTRO(S)
 
ASSUNTO: DIREITO CIVIL - Obrigações - Espécies de Títulos de Crédito - Cheque
 
AGRAVO REGIMENTAL
 
AGRAVANTE : FOX DISTRIBUIDORA DE PETRÓLEO LTDA
ADVOGADOS : ALCEU RODRIGUES CHAVES E OUTRO(S)
    CARINE CASANOVA PUQUEVICZ E OUTRO(S)
AGRAVADO : BANCO DO BRASIL S⁄A
ADVOGADO : EDUARDO JOSÉ PEREIRA NEVES E OUTRO(S)
 
CERTIDÃO
 
Certifico que a egrégia QUARTA TURMA, ao apreciar o processo em epígrafe na sessão realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão:
 
A Quarta Turma, por unanimidade, negou provimento ao agravo regimental, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator.
Os Srs. Ministros Raul Araújo (Presidente), Maria Isabel Gallotti, Antonio Carlos Ferreira e Marco Buzzi votaram com o Sr. Ministro Relator.
 

Documento: 33711225CERTIDÃO DE JULGAMENTO
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/24918915/agravo-regimental-no-agravo-em-recurso-especial-agrg-no-aresp-26064-pr-2011-0090862-0-stj/certidao-de-julgamento-24918918

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 9 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 26064 PR 2011/0090862-0