jusbrasil.com.br
8 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX PB 2003/XXXXX-1

Superior Tribunal de Justiça
há 16 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

T3 - TERCEIRA TURMA

Publicação

Julgamento

Relator

Ministra NANCY ANDRIGHI

Documentos anexos

Inteiro TeorRESP_541184_PB_25.04.2006.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Direito civil e do consumidor. Contrato de consórcio para aquisição de veículo. CDC. Incidência. Taxa de administração. Juros remuneratórios embutidos. Abusividade. - Aplica-se o CDC aos negócios jurídicos realizados entre as empresas administradoras de consórcios e seus consumidores-consorciados. Precedentes. - À taxa de administração de consórcios não podem ser embutidos outros encargos que não aqueles inerentes à remuneração da administradora pela formação, organização e administração do grupo de consórcio (art. 12, § 3º da Circular do BACEN n.º 2.766/97). - Se houver cláusula contratual que fixe a taxa de administração em valor que exceda ao limite legal previsto no art. 42 do Dec. 70.951/72, estará caracterizada a prática abusiva da administradora de consórcio, o que impõe a exclusão do percentual que sobejar ao estipulado na referida Lei. Recurso especial parcialmente conhecido e, nessa parte, provido.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os Ministros da TERCEIRA TURMA do Superior Tribunal de Justiça, na conformidade dos votos e das notas taquigráficas constantes dos autos, Prosseguindo no julgamento, após o voto-vista do Sr. Ministro Castro Filho, conhecendo do recurso especial mas negando-lhe provimento, da retificação do voto do Sr. Ministro Ari Pargendler acompanhando a Sra. Ministra Relatora, no que foi acompanhado pelo Sr. Ministro Carlos Alberto Menezes Direito, por maioria, conhecer em parte do recurso especial e, nessa parte, dar-lhe provimento. Votou vencido o Sr. Ministro Castro Filho. Os Srs. Ministros Ari Pargendler e Carlos Alberto Menezes Direito votaram com a Sra. Ministra Relatora. Não participou do julgamento o Sr. Ministro Humberto Gomes de Barros.

Resumo Estruturado

CABIMENTO, REDUÇÃO, TAXA, ADMINISTRAÇÃO, PREVISÃO, CLÁUSULA, CONTRATO, CONSÓRCIO, VEÍCULO AUTOMOTOR, PARA, 12% / HIPÓTESE, EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIO, COBRANÇA, PERCENTUAL, ACIMA, LIMITE LEGAL, PREVISÃO, DECRETO, 1972 / APLICAÇÃO, CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, PREVISÃO, NULIDADE, CLÁUSULA, CONTRATO, INOBSERVÂNCIA, LEGISLAÇÃO. (VOTO VENCIDO) (MIN. CASTRO FILHO) IMPOSSIBILIDADE, REDUÇÃO, TAXA, ADMINISTRAÇÃO, PREVISÃO, CLÁUSULA, CONTRATO, CONSÓRCIO / HIPÓTESE, AQUISIÇÃO, VEÍCULO AUTOMOTOR, INDEPENDÊNCIA, SORTEIO, E, REALIZAÇÃO, PAGAMENTO, COM, PRESTAÇÃO, VALOR FIXO, SEM, ACOMPANHAMENTO, PREÇO DE MERCADO / CARACTERIZAÇÃO, CONSÓRCIO CONTEMPLADO ; EXISTÊNCIA, PRESTAÇÃO, COM, INCLUSÃO, JUROS REMUNERATÓRIOS, E, OUTRO, ENCARGO FINANCEIRO ; NÃO OCORRÊNCIA, CLÁUSULA ABUSIVA.

Referências Legislativas

Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/31037/recurso-especial-resp-541184-pb-2003-0074353-1

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciaano passado

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-15.2013.8.13.0079 Contagem

Tribunal de Justiça do Mato Grosso
Jurisprudênciahá 13 anos

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT - Apelação: APL XXXXX-69.2008.8.11.0000 MT

Mauricio Franca, Advogado
Notíciashá 6 anos

A não devolução imediata dos valores pagos pelo consorciado

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX-73.2016.8.13.0515 Piumhi

Rafael Rodrigues Cordeiro, Advogado
Modeloshá 2 anos

Modelo - Ação De Anulação/ Rescisão De Contrato De Consórcio Com Pedido De Restituição De Valores C/C Danos Morais