jusbrasil.com.br
21 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 62308 SP 1995/0012509-9

Superior Tribunal de Justiça
há 23 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
REsp 62308 SP 1995/0012509-9
Órgão Julgador
T3 - TERCEIRA TURMA
Publicação
DJ 27.09.1999 p. 93
LEXSTJ vol. 126 p. 115
RDR vol. 15 p. 277
RJADCOAS vol. 6 p. 151
Julgamento
8 de Junho de 1999
Relator
Ministro EDUARDO RIBEIRO
Documentos anexos
Inteiro TeorRESP_62308_SP_08.06.1999.tif
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

A venda de bem feita por procurador a quem não foram outorgados poderes para realizar o negócio apresenta vício insanável, não sendo possível prestigiar a boa-fé daquele que, em venda sucessiva, adquire o imóvel de pessoa em cujo nome o imóvel foi registrado.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos estes autos, acordam os Srs. Ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça, na conformidade dos votos e das notas taquigráficas a seguir, por unanimidade, não conhecer do recurso especial. Participaram do julgamento os Srs. Ministros Waldemar Zveiter, Ari Pargendler, Menezes Direito e Nilson Naves.

Resumo Estruturado

NULIDADE, CONTRATO, COMPRA E VENDA, INCLUSÃO, POSTERIORIDADE, NEGOCIO JURÍDICO, INDEPENDENCIA, BOA-FE, TERCEIRO, ADQUIRENTE, HIPOTESE, REALIZAÇÃO, CONTRATO, PROCURADOR, FALTA, PODERES EXPRESSOS, ALIENAÇÃO, BEM, CARACTERIZAÇÃO, DISPOSIÇÃO DE COISA ALHEIA COMO PROPRIA, OCORRENCIA, VICIO INSANAVEL.
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/401537/recurso-especial-resp-62308-sp-1995-0012509-9

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1795742 MT 2019/0031626-6

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 12 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1166343 MS 2009/0223990-2

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro TJ-RJ - APELAÇÃO: APL 0017062-04.2013.8.19.0031 RIO DE JANEIRO MARICA 2 VARA