jusbrasil.com.br
10 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ORDINÁRIO EM MANDADO DE SEGURANÇA: RMS XXXXX MG 2015/XXXXX-8

Superior Tribunal de Justiça
há 5 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

T2 - SEGUNDA TURMA

Publicação

Julgamento

Relator

Ministro HERMAN BENJAMIN

Documentos anexos

Inteiro TeorSTJ_RMS_49887_5de3e.pdf
Certidão de JulgamentoSTJ_RMS_49887_63497.pdf
Relatório e VotoSTJ_RMS_49887_b729b.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ADMINISTRATIVO. CONCURSO PÚBLICO. APRESENTAÇÃO DE ATESTADO MÉDICO. MODELO PREVISTO NO EDITAL. NÃO OBSERVÂNCIA. ELIMINAÇÃO DO CERTAME. POSSIBILIDADE. PRINCÍPIO DA VINCULAÇÃO AO EDITAL.

1. Trata-se na origem de Mandado de Segurança, com pedido de liminar, impetrado por Túlio Henrique de Souza contra ato do Secretário de Estado de Defesa Social, do Secretário de Estado de Planejamento e Gestão e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, consubstanciado no impedimento de o impetrante realizar a prova de capacidade física referente ao concurso público para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário (Edital 8/2013), tendo em vista que, na data da prova, apresentou atestado médico em desconformidade com o edital do certame.
2. Nos termos da jurisprudência do STJ, as disposições do edital que disciplina o concurso público constituem lei interna que obriga os candidatos e o ente administrativo organizador, em razão dos princípios da vinculação ao instrumento convocatório e da legalidade.
3. Da análise dos autos, observa-se que o impetrante foi considerado habilitado na primeira etapa do certame (prova objetiva), mas não participou do teste físico, uma vez que o atestado médico apresentado não estava em conformidade com o Anexo V do Edital, conforme previsão do item 11.7 da norma editalícia 4. Dessa forma, conforme consignado pelo Tribunal de origem, a conduta da Administração em eliminar o candidato não foi ilegal ou abusiva, porquanto apenas atendeu as disposições editalícias, em homenagem ao princípio da vinculação ao instrumento convocatório. 5. Recurso Ordinário não provido.

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima indicadas, acordam os Ministros da Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça: ""A Turma, por unanimidade, negou provimento ao recurso ordinário, nos termos do voto do (a) Sr (a). Ministro (a)-Relator (a)."Os Srs. Ministros Og Fernandes, Mauro Campbell Marques, Assusete Magalhães (Presidente) e Francisco Falcão votaram com o Sr. Ministro Relator."

Veja

    • (NORMAS DO EDITAL)
    • STJ - AgRg no RMS 43065-PE
    • STJ - RMS 37249-SP
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/443450751/recurso-ordinario-em-mandado-de-seguranca-rms-49887-mg-2015-0308087-8

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça do Ceará
Peçahá 4 meses

Contestação - TJCE - Ação Exame de Saúde E/Ou Aptidão Física - Mandado de Segurança Cível

Tribunal de Justiça do Ceará
Peçahá 4 meses

Contestação - TJCE - Ação Exame de Saúde E/Ou Aptidão Física - Mandado de Segurança Cível

Tribunal de Justiça do Ceará
Peçahá 5 meses

Petição - TJCE - Ação Exame de Saúde E/Ou Aptidão Física - Agravo de Instrumento

Petição (Outras) - TJSP - Ação Exame de Saúde E/Ou Aptidão Física - Apelação Cível - contra Fundação Carlos Chagas, Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô e Presidente da Fundação Carlos Chagas

Petição - Ação Ingresso e Concurso contra União Federal