jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgRg no AREsp 484057 SP 2014/0045580-0

Superior Tribunal de Justiça
há 6 anos

Detalhes da Jurisprudência

Publicação

DJ 09/11/2016

Relator

Ministro JORGE MUSSI

Documentos anexos

Decisão MonocráticaSTJ_AGRG-ARESP_484057_f2246.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 484.057 - SP (2014/0045580-0) RELATOR : MINISTRO JORGE MUSSI AGRAVANTE : RONOEL CAIVANO LUPORINI ADVOGADOS : UBALDO JOSÉ MASSARI JUNIOR - SP062297 PEDRO VINÍCIUS GALACINI MASSARI - SP274869 AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO DECISÃO Trata-se de agravo regimental interposto por RONOEL CAIVANO LUPORINI contra decisão de e-STJ fls. 575/577 que negou provimento ao agravo em recurso especial. Sustenta o agravante, em síntese, que a decisão objurgada não poderia subsistir, pleiteando a reconsideração do decisum impugnado e, caso contrário, o acolhimento desta insurgência. É o relatório. Com fundamento na faculdade prevista no artigo 259, caput, do Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça, reconsidera-se a decisão agravada. Publique-se e intime-se. Em seguida, retornem conclusos. Brasília, 28 de outubro de 2016. Ministro JORGE MUSSI Relator
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/466068218/agrg-no-agravo-em-recurso-especial-agrg-no-aresp-484057-sp-2014-0045580-0

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 16 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 434199 SC 2002/0051637-3

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1470924 SC 2014/0183903-7

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 11 meses

Superior Tribunal de Justiça STJ - HABEAS CORPUS: HC 663380 AC 2021/0130459-0

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CRIMINAL (ACR): APR 005XXXX-53.2013.4.01.3800

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1102592 RS 2008/0262397-0