jusbrasil.com.br
4 de Julho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça
há 5 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

REsp 1119632 RJ 2009/0112248-6

Órgão Julgador

T4 - QUARTA TURMA

Publicação

DJe 12/09/2017

Julgamento

15 de Agosto de 2017

Relator

Ministro RAUL ARAÚJO

Documentos anexos

Inteiro TeorSTJ_RESP_1119632_7c3ec.pdf
Certidão de JulgamentoSTJ_RESP_1119632_1218c.pdf
Relatório e VotoSTJ_RESP_1119632_d747e.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Certidão de Julgamento

Superior Tribunal de Justiça
Revista Eletrônica de Jurisprudência
  CERTIDÃO DE JULGAMENTO QUARTA TURMA Número Registro: 2009⁄0112248-6
PROCESSO ELETRÔNICO REsp 1.119.632 ⁄ RJ   Números Origem:  20020011100439        200700147111          200800863857          200813502779     PAUTA: 25⁄04⁄2017 JULGADO: 25⁄04⁄2017     Relator Exmo. Sr. Ministro  RAUL ARAÚJO   Presidente da Sessão Exma. Sra. Ministra MARIA ISABEL GALLOTTI   Subprocurador-Geral da República Exmo. Sr. Dr. MARCELO ANTONIO MOSCOGLIATO   Secretária Dra. TERESA HELENA DA ROCHA BASEVI   AUTUAÇÃO   RECORRENTE : RÁDIO E TELEVISÃO RECORD S⁄A ADVOGADOS : JULIANA PERDIGÃO DIAS E OUTRO(S) - RJ133936   HELCIO DANTAS LOBO JUNIOR E OUTRO(S) - SP104204B RECORRIDO : EDUARDO MAYR E OUTROS ADVOGADO : FRANCISCO ANTÔNIO FABIANO MENDES  - RJ025872   ASSUNTO: DIREITO CIVIL - Responsabilidade Civil - Indenização por Dano Moral   CERTIDÃO   Certifico que a egrégia QUARTA TURMA, ao apreciar o processo em epígrafe na sessão realizada nesta data, proferiu a seguinte decisão:   Adiado por indicação do Sr. Ministro Relator.
Documento: 71814228 CERTIDÃO DE JULGAMENTO
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/499431794/recurso-especial-resp-1119632-rj-2009-0112248-6/certidao-de-julgamento-499431822

Informações relacionadas

Wander Fernandes, Advogado
Artigoshá 2 anos

Legitimidade Ativa - Dano Moral Indireto (por Ricochete) - Quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido.

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1119632 RJ 2009/0112248-6

Legitimidade dos herdeiros e espólio para pleitear reparação dos danos morais suportados pelo de cujus

Thiago Souza Martins, Advogado
Artigoshá 3 anos

Dano moral presumido: O quantum indenizatório fixado pelos tribunais

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 3 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO RECURSO ESPECIAL: AgInt no REsp 1712940 PE 2017/0309065-7