jusbrasil.com.br
12 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX RS 1996/XXXXX-0

Superior Tribunal de Justiça
há 25 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

T4 - QUARTA TURMA

Publicação

Julgamento

Relator

Ministro RUY ROSADO DE AGUIAR

Documentos anexos

Inteiro TeorRESP_109484_RS_1249811073164.pdf
Certidão de JulgamentoRESP_109484_RS_1249814653916.pdf
Relatório e VotoRESP_109484_RS_1249814649759.pdf
VotoRESP_109484_RS_1249814656973.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ECAD. CORREÇÃO MONETÁRIA. MORA. TENDO O ACORDÃO RECONHECIDO QUE A DEVEDORA NÃO ESTAVA EM MORA, INEXISTE DIVERGENCIA COM OUTROS JULGADOS QUE PARTIRAM DESSE PRESSUPOSTO PARA ADMITIR, NOS CASOS DE ILICITO CIVIL, A CORREÇÃO MONETÁRIA DESDE A DATA DO VENCIMENTO DE CADA PARCELA. RECURSO NÃO CONHECIDO.

Acórdão

POR UNANIMIDADE, NÃO CONHECER DO RECURSO.

Resumo Estruturado

VIDE EMENTA
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/533929/recurso-especial-resp-109484-rs-1996-0061878-0