jusbrasil.com.br
21 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça
há 13 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
T6 - SEXTA TURMA
Publicação
DJe 08/09/2009
Julgamento
13 de Agosto de 2009
Relator
Ministro OG FERNANDES
Documentos anexos
Inteiro TeorHC_120353_SP_1263934231899.pdf
Certidão de JulgamentoHC_120353_SP_1260241367632.pdf
Relatório e VotoHC_120353_SP_1260241367631.pdf
VotoHC_120353_SP_1260241367633.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Inteiro Teor

RELATOR : MINISTRO OG FERNANDES
IMPETRANTE : ANTONIO CARLOS DE TOLEDO SANTOS FILHO
IMPETRADO : TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3A REGIAO
PACIENTE : DAVID SEAN MARITZ (PRESO)
EMENTA
HABEAS CORPUS . LEI Nº 11.343/06. ART. 33, 4º, E ART. 44. VEDAÇAO À SUBSTITUIÇAO DE PENA. ARGUIÇAO DE INCONSTITUCIONALIDADE. ACOLHIMENTO. PRINCÍPIOS DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, INDIVIDUALIZAÇAO DA PENA E PROPORCIONALIDADE. SUBMISSAO DO INCIDENTE À APRECIAÇAO DA CORTE ESPECIAL.
1. A questão cinge-se a determinar se é possível, a despeito da redação do art. 33, 4º, e do art. 44, ambos da Lei nº 11.343/06, a substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direitos.
2. Argumentação de que a proibição à substituição de pena viola os princípios da dignidade da pessoa humana, individualização da pena, bem assim o da proporcionalidade.
3. Tais princípios constituem verdadeiras normas jurídicas, de status constitucional e aplicação imediata (art. , , CF), garantias fundamentais insuscetíveis de supressão por emenda (art. 60, 4º, IV, CF).
4. Entendimento da Sexta Turma de que, ainda na vigência da antiga redação do 1º do art. da Lei nº 8.072/90, antes da declaração de sua inconstitucionalidade pelo Supremo Tribunal Federal, a vedação à progressão de regime aos crimes hediondos e equiparados não impedia a aplicação do benefício da substituição de pena.
5. Acolhida a arguição de inconstitucionalidade da vedação à substituição de pena contida no 4º do art. 33 e no art. 44 da Lei nº 11.343/06, submetendo-se o incidente, nos termos do art. 200 do Regimento Interno deste Tribunal e do art. 480 e seguintes do Código de Processo Civil, à apreciação da Corte Especial.
ACÓRDAO
Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima indicadas, prosseguindo no julgamento, acordam os Ministros da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça, após o voto-vista do Sr. Ministro Nilson Naves, por unanimidade, acolher a arguição de inconstitucionalidade de acordo com o voto do Sr. Ministro Relator, remetendo o feito ao julgamento da Corte Especial, de acordo com o art. 200 e do Regimento Interno. Os Srs. Ministros Celso Limongi (Desembargador convocado do TJ/SP), Haroldo Rodrigues (Desembargador convocado do TJ/CE), Nilson Naves e Maria Thereza de Assis Moura votaram com o Sr. Ministro Relator.
Presidiu o julgamento o Sr. Ministro Nilson Naves.
Brasília (DF), 13 de agosto de 2009 (data do julgamento)
MINISTRO OG FERNANDES
Relator

Documento: 6060690 EMENTA / ACORDÃO - DJ: 08/09/2009
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/6060885/habeas-corpus-hc-120353-sp-2008-0248789-7/inteiro-teor-12191632

Informações relacionadas

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
Notíciashá 12 anos

Para o STJ também é possível substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos ao tráfico de drogas (Info. 427)

Al Lidian, Procurador e Advogado Público
Notíciashá 5 anos

Substituição da pena privativa por restritiva de direitos no tráfico

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 14 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 661365 SC 2004/0107116-3