jusbrasil.com.br
19 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AgRg no AREsp 1341923 PB 2018/0200037-0

Superior Tribunal de Justiça
há 4 anos
Detalhes da Jurisprudência
Publicação
DJ 18/10/2018
Relator
Ministro NEFI CORDEIRO
Documentos anexos
Decisão MonocráticaSTJ_AGRG-ARESP_1341923_a921e.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

AgRg no AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.341.923 - PB (2018/0200037-0) RELATOR : MINISTRO NEFI CORDEIRO AGRAVANTE : JOSE DAVID ALVES BARBOSA ADVOGADO : MARCONI EDSON CAVALCANTE - PB018285 AGRAVADO : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA DESPACHO Intime-se a parte agravada para manifestação sobre o recurso interposto. Após, voltem-me conclusos. Brasília, 16 de outubro de 2018. MINISTRO NEFI CORDEIRO Relator
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/639303472/agrg-no-agravo-em-recurso-especial-agrg-no-aresp-1341923-pb-2018-0200037-0

Informações relacionadas

Canal Ciências Criminais, Estudante de Direito
Artigoshá 2 anos

STJ: inobservância do art. 55 da Lei 11.343/06 constitui nulidade relativa quando demonstrado o prejuízo

Tribunal de Justiça de Santa Catarina
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal: APR 20150153981 Capital 2015.015398-1

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - HABEAS CORPUS: HC 587196 SP 2020/0134215-8