jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - HABEAS CORPUS: HC 145114

Superior Tribunal de Justiça
há 13 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

HC 145114

Publicação

DJe 16/09/2009

Relator

Ministro JORGE MUSSI

Documentos anexos

Decisão MonocráticaHC_145114_1262027637648.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

HABEAS CORPUS Nº 145.114 - GO (2009/0161504-4)
RELATOR : MINISTRO JORGE MUSSI
IMPETRANTE : RIVER PAULO SIQUEIRA DE SOUZA E OUTRO
IMPETRADO : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS
PACIENTE : TITO COELHO CARDOSO
DECISÃO
Não obstante a relevância dos argumentos expostos na impetração,
consistentes na alegada ausência de dolo na conduta atribuída ao
paciente; no apontado cerceamento de defesa decorrente de denúncia
supostamente inepta; na existência de condenações distintas para
corréus que teriam praticados as mesmas condutas em circunstâncias
idênticas e em unidade de desígnios; e na ausência de fundamentação
para a exasperação da pena-base, inviável acolher-se a medida
sumária almejada, consistente na suspensão dos efeitos do acórdão
objurgado, pois a fundamentação que lhe dá suporte confunde-se com o
mérito do habeas corpus, o qual, sem sombra de dúvida, diante dos
elementos colacionados, exige exame mais detalhado, que se dará por
ocasião da apreciação definitiva do mandamus.
É cediço que o deferimento do pleito liminar em sede de habeas
corpus, em razão da sua excepcionalidade, enseja a comprovação, de
plano, do alegado constrangimento ilegal, com a necessária
demonstração dos requisitos inerentes às medidas cautelares, quais
sejam, o fumus boni iuris e o periculum in mora, o que não se
verifica na hipótese em apreço.
Ante o exposto, indefere-se a liminar.
Solicitem-se informações à autoridade apontada como coatora,
encarecendo o envio dos esclarecimentos necessários ao deslinde da
questão.
Após, remetam-se os autos ao Ministério Público Federal para
manifestação.
Publique-se e intimem-se.
Brasília, 31 de agosto de 2009.
Ministro JORGE MUSSI
Relator
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/6548447/habeas-corpus-hc-145114

Informações relacionadas

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 1382289 PR 2013/0131925-2

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1044866 MG 2008/0068624-6

Supremo Tribunal Federal
Jurisprudênciahá 10 anos

Supremo Tribunal Federal STF - HABEAS CORPUS: HC 112388 SP

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 2 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO HABEAS CORPUS: AgRg no HC 507006 SP 2019/0120333-9

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1044866 MG 2008/0068624-6