jusbrasil.com.br
22 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO DE INSTRUMENTO : Ag 1238378 SP 2009/0192389-0

Superior Tribunal de Justiça
há 10 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
Ag 1238378 SP 2009/0192389-0
Publicação
DJ 21/09/2011
Relator
Ministro ARI PARGENDLER
Documentos anexos
Decisão MonocráticaSTJ_AG_1238378_a4a2d.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Decisão

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.238.378 - SP (2009/0192389-0) AGRAVANTE : BANCO BRADESCO S/A ADVOGADO : GUSTAVO TADEU KENCIS MOTA E OUTRO (S) AGRAVADO : BARBARA DE PAULA LEMFERS ADVOGADA : ANDRÉA MARIA THOMAZ SOLIS FARHA DECISÃO A questão em debate nestes autos já foi objeto de julgamento pela Segunda Seção deste Superior Tribunal de Justiça conforme os parâmetros do art. 543-C do CPC. Com efeito, no julgamento dos Recursos Especiais nºs 1.107.201, DF, e 1.147.595, RS, relator o eminente Ministro Sidnei Beneti, consolidou-se o seguinte entendimento: "(...) 1º) a instituição financeira depositária é parte legítima para figurar no pólo passivo da lide em que se pretende o recebimento das diferenças de correção monetária de valores depositados em cadernetas de poupança, decorrentes de expurgos inflacionários dos Planos Bresser, Verão, Collor I e Collor II; com relação ao Plano Collor I, contudo, aludida instituição financeira depositária somente será parte legítima nas ações em que se buscou a correção monetária dos valores depositados em caderneta de poupança não bloqueados ou anteriores ao bloqueio. 2º) é vintenária a prescrição nas ações individuais em que são questionados os critérios de remuneração da caderneta de poupança e são postuladas as respectivas diferenças, sendo inaplicável às ações individuais o prazo decadencial quinquenal atinente à Ação Civil Pública" (DJe de 6.5.2011). Ante o exposto, nego provimento ao agravo de instrumento. Intimem-se. Brasília, 19 de setembro de 2011. MINISTRO ARI PARGENDLER Presidente
Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/894387886/agravo-de-instrumento-ag-1238378-sp-2009-0192389-0