jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 703558 RS 2004/0160782-9

Superior Tribunal de Justiça
há 17 anos
Detalhes da Jurisprudência
Processo
AgRg no REsp 703558 RS 2004/0160782-9
Órgão Julgador
T3 - TERCEIRA TURMA
Publicação
DJ 16.05.2005 p. 349
Julgamento
29 de Março de 2005
Relator
Ministro CASTRO FILHO
Documentos anexos
Inteiro TeorAGRG-RESP_703558_RS_29.03.2005.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO INTERNO. RECURSO ESPECIAL. JULGAMENTO EXTRA PETITA. NÃO OCORRÊNCIA. AUSÊNCIA DE SUCUMBÊNCIA. FALTA DE INTERESSE PROCESSUAL.

I - Questões de ordem pública contempladas pelo Cód. Defesa do Consumidor, independentemente de sua natureza, podem e devem ser conhecidas, de ofício, pelo julgador. Por serem de ordem pública, transcendem o interesse e se sobrepõem até a vontade das partes. Falam por si mesmas e, por isso, independem de interlocução para serem ouvidas.
II - Por outro lado, não caracterizada, no ponto, a sucumbência, até faltaria ao recorrente interesse para o recurso. Agravo interno a que se nega provimento

Acórdão

Vistos, relatados e discutidos os autos em que são partes as acima indicadas, acordam os Ministros da TERCEIRA TURMA do Superior Tribunal de Justiça, por unanimidade, negar provimento ao agravo regimental. Os Srs. Ministros Antônio de Pádua Ribeiro, Carlos Alberto Menezes Direito e Nancy Andrighi votaram com o Sr. Ministro Relator. Ausente, justificadamente, o Sr. Ministro Humberto Gomes de Barros.

Veja

  • CDC - QUESTÕES DE ORDEM PÚBLICA - CONHECIMENTO DE OFÍCIO
    • STJ - RESP 417069 -MG, RESP 369069 -RS

Referências Legislativas

Disponível em: https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/97273/agravo-regimental-no-recurso-especial-agrg-no-resp-703558-rs-2004-0160782-9

Informações relacionadas

Marcelo Mammana Madureira, Advogado
Notíciashá 5 anos

Da possibilidade de pronunciamento de ofício de cláusulas abusivas pelo julgador

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL: AgRg no REsp 703558 RS 2004/0160782-9